O Método Pedagógico dos Jesuítas (Ratio Studiorum) – do Padre Leonel Franca, S.J.

A má fama dos jesuítas, injustificada, é produto de uma época inimiga figadal da arte superior, da moral, da distinção clara de valores, e amiga fraternal do relativismo, da negligência, da desídia, da indisciplina, da desordem, do niilismo, do caos, da mentalidade revolucionária e anárquica.

Os inimigos da Companhia de Jesus, e da Igreja, disseminaram dos jesuítas a reputação de homens brutos no trato com os povos que contataram. É esta uma idéia fora da realidade – no Brasil, ninguém desconhece o nome de José de Anchieta, cuja biografia foi enodoada por estudiosos desonestos a serviço dos inimigos da Igreja, e cuja obra junto aos silvícolas brasileiros, povos pré-cabralinos, é valiosa, inestimável, vindo Anchieta a estudar o idioma tupi e a verter para tal idioma a Bíblia, e a catequizar os povos com os quais manteve contato, mas o propósito de sua obra recebeu tratamento injusto dos inimigos da Igreja. Devido à imerecida má fama dos jesuítas – estes, apenas mencionados, despertam ódio visceral, irracional, em quem lhes ouve o nome, e, não raro, reação intempestiva, violenta, inclusive de gente que se tem na conta de culta, respeitosa, tolerante, desprovida de preconceitos e amiga da Igreja -, devido à imerecida má fama dos jesuítas, prossigo, ninguém ousa dedicar-se ao estudo dos atos da Companhia de Jesus, ao da biografia do maior de seus heróis, Inácio de Loyola, e ao das de outros jesuítas, menores, e mesmo assim de elevada estatura moral, e ao da influência do pensamento dos jesuítas na formação da cultura ocidental – preferem muitos dar ouvidos aos inimigos da Companhia de Jesus e adotarem como verdadeiras todas as difamações e calúnias que eles contra ela arremessam do que dar voz à razão e revelar boa-vontade em conhecer-lhe a história, a verdadeira história.

O livro do padre Leonel Franca auxilia a pessoa interessada na valiosa obra dos jesuítas a saber o que eles promoveram em seus colégios, com o seu método pedagógico, o Ratio Studiorum, uma obra de valor inestimável.

Privilegiam os jesuítas, em sua pedagogia, o amor à linguagem correta, usada com esmero, obtendo-a os alunos com a leitura dos clássicos gregos e latinos, e o bom falar, que os alunos adquirem com exercícios de retórica.

São exercícios literários dos alunos, no processo de aprendizagem do bom uso do idioma, da expressão clara, límpida, traduzir os clássicos gregos e latinos para o idioma vernáculo nacional e retraduzir a tradução em vernáculo para o idioma original; e copiar as obras gregas e latinas; e redigir textos imitando-lhes o estilo.

Compreendem os jesuítas o valor da emulação entre os alunos, emulação saudável, que visa o aprimoramento contínuo, assim a todos beneficiando com a elevação do padrão cultural; e o da memorização; e o do rigor da obediência,

Ao contrário do que reza a lenda, não são os jesuítas brutos, desumanos, homens de coração de pedra; na sua pedagogia, os jesuítas contemplam o castigo corporal, mas como último recurso, esgotados todos os outros. Primam os jesuítas pela compreensão, espirituosidade, paciência e inspiração. Sabem que é essencial, na formação da pessoa, o engrandecimento da alma; só assim se forma, acreditam, o homem pleno, de espírito íntegro, uma fortaleza moral.

Têm os professores dos colégios jesuítas boa cultura literária e ótima formação filosófica.

A formação dos saídos dos colégios jesuítas é primorosa. Nomes respeitáveis da literatura e da filosofia universais foram educados pelos jesuítas. Para ilustrar tal afirmação, menciono alguns de merecida fama universal: Cervantes, Lope de Vega, padre Antonio Vieira, Molière, Bossuet, Goldoni; e os brasileiros Cláudio Manuel da Costa e Rocha Pita.

É inestimável a contribuição dos jesuítas para a cultura universal. Infelizmente a obra deles é desconhecida do público, que lhes tem horror, não porque os conhece, mas por, desconhecendo-os, forma, deles, uma imagem repulsiva, considerando, não a obra deles, mas a propaganda difamatória, caluniosa, financiada pelos inimigos da igreja, propaganda que lhes emprestam a figura dos seres mais iníquos da história universal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Polifonia Literária

Um espaço voltado para o desenvolvimento criativo de textos literários.

divinoleitao.in

Rede pessoal de Divino Leitão.

Reflexões para os dias finais

Pensamentos, reflexões, observações sobre o mundo e o tempo.

PERSPECTIVA ONLINE

"LA PERSPECTIVA, SI ES REAL, EXIGE LA MULTIPLICIDAD" (JULIÁN MARÍAS)

Pensei e escrevi aqui

— Porque nós somos aleatórias —

On fairy-stories

Fantasia, Faërie e J.R.R. Tolkien

DIÁRIO DE UM LINGUISTA

Um blog sobre língua e outros assuntos

Brasil de Longe

O Brasil visto do exterior

Cultus Deorum Brasil

Tudo sobre o Cultus Deorum Romanorum, a Antiga Religião Tradicional Romana.

Carlos Eduardo Novaes

Crônicas e outras literatices

Coquetel Kuleshov

um site sobre cinema, cinema e, talvez, tv

Leituras do Ano

E o que elas me fazem pensar.

Leonardo Faccioni | Libertas virorum fortium pectora acuit

Arca de considerações epistemológicas e ponderações quotidianas sob o prisma das liberdades tradicionais, em busca de ordem, verdade e justiça.

Admirável Leitura

Ler torna a vida bela

LER É UM VÍCIO

PARA QUEM É VICIADO EM LEITURA

Velho General

História Militar, Geopolítica, Defesa e Segurança

Espiritualidade Ortodoxa

Espiritualidade Ortodoxa

Entre Dois Mundos

Página dedicada ao livro Entre Dois Mundos.

Olhares do Mundo

Este blog publica reportagens produzidas por alunos de Jornalismo da Universidade Mackenzie para a disciplina "Jornalismo e a Política Internacional".

Bios Theoretikos

Rascunho de uma vida intelectual

O Recanto de Richard Foxe

Ciência, esoterismo, religião e história sem dogmas e sem censuras.

.

.

Prosas e Cafés

(...) tudo bem acordar, escovar os dentes, tomar um café e continuar - Caio Fernando Abreu

OLAVO PASCUCCI

O pensamento vivo e pulsante de Olavo Pascucci

Clássicos Traduzidos

Em busca das melhores traduções dos clássicos da literatura

Ensaios e Notas

artes, humanidades e ciências sociais

Minhas traduções poéticas

Site de tradução de poesias e de letras de música

Além do Roteiro

Confira o podcast Além do Roteiro no Spotify!

Farofa Filosófica

Ciências Humanas em debate: conteúdo para descascar abacaxis...

Humanidade em Cena

Reflexões sobre a vida a partir do cinema e do entretenimento em geral

resistenciaantisocialismo

Na luta contra o câncer da civilização!

História e crítica cultural

"Cada momento, vivido à vista de Deus, pode trazer uma decisão inesperada" (Dietrich Bonhoeffer)

Devaneios Irrelevantes

Reflexões desimportantes de mais um na multidão com tempo livre e sensações estranhas

Enlaces Literários

Onde um conto sempre puxa o outro!

Ventilador de Verdades

O ventilador sopra as verdades que você tem medo de sentir.

Dragão Metafísico

Depósito de palavras, pensamentos e poesias.

%d blogueiros gostam disto: