Breves notas acerca da vida do senhor Inútil de Souza, candidato a prefeito – publicado no Zeca Quinha Nius

Nasceu o senhor Inútil de Souza em algum momento de sua vida anterior ao dia em que completou um ano de existência. Por esta época, ele não sabia falar, tampouco escrever seu nome. Era pequeno, bem pequeno; tinha menos de um metro de altura; e seu peso não chegava aos vinte quilos. Foi soberbamente amamentado pela sua genitora, que lhe dava de mamar quatorze vezes ao dia; e ela definhou a olhos vistos – de virago robusta e carnuda converteu-se numa esquálida matrona ossuda, famélica, despeitada, de olhos fundos e rosto encaveirado, cadavérico. Aos seis anos, matriculado na creche, comia e bebia como um imperador onipresente, e arrancava, aos puxões violentos, os cabelos de todos os seus coleguinhas e os das professoras. Aos sete anos, ingressou numa escola, que frequentou até os dezessete anos, e nela assistiu às aulas de Português, Matemática, História, Geografia, Química, Física, Biologia e Inglês, vindo a se tornar, ao final de suas experiências escolares, um agente inconsciente do movimento revolucionário, um idiota útil, e inútil, anti-americano renhido, anti-capitalista intransigente, feminista intolerante, anti-cristão fanático, e nada sabendo de Português, Matemática, História, Geografia, Química, Física, Biologia e Inglês. Aos dezoito anos, arrumou um bom emprego, que lhe fez muito mal; e aos dezenove, outro bom emprego, melhor do que o anterior, que lhe fez um mal ainda maior; e, enfim, estabeleceu-se em um que lhe exigia a execução de tarefas que ele, não sabendo quais eram, não pôde executá-las – e em decorrência de sua falta de conhecimento, foi sumariamente demitido. A partir deste dia, errou de emprego e emprego, sem conseguir uma ocupação digna, que lhe enobrecesse a figura. E após inúmeras experiências desgastantes e adversas, que lhe serviram de lições inesquecíveis, persuadido de que viveria à míngua e comeria o pão e o biscoito e a bolacha e o pretzel que o diabo amassou se persistisse em obter um bom emprego, que, estava ciente, exigindo-lhe dedicação ao trabalho, lhe faria muito mal, decidiu, peremptoriamente, candidatar-se a prefeito de nossa cidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Polifonia Literária

Um espaço voltado para o desenvolvimento criativo de textos literários.

divinoleitao.in

Rede pessoal de Divino Leitão.

Reflexões para os dias finais

Pensamentos, reflexões, observações sobre o mundo e o tempo.

PERSPECTIVA ONLINE

"LA PERSPECTIVA, SI ES REAL, EXIGE LA MULTIPLICIDAD" (JULIÁN MARÍAS)

Pensei e escrevi aqui

— Porque nós somos aleatórias —

On fairy-stories

Fantasia, Faërie e J.R.R. Tolkien

DIÁRIO DE UM LINGUISTA

Um blog sobre língua e outros assuntos

Brasil de Longe

O Brasil visto do exterior

Cultus Deorum Brasil

Tudo sobre o Cultus Deorum Romanorum, a Antiga Religião Tradicional Romana.

Carlos Eduardo Novaes

Crônicas e outras literatices

Coquetel Kuleshov

um site sobre cinema, cinema e, talvez, tv

Leituras do Ano

E o que elas me fazem pensar.

Leonardo Faccioni | Libertas virorum fortium pectora acuit

Arca de considerações epistemológicas e ponderações quotidianas sob o prisma das liberdades tradicionais, em busca de ordem, verdade e justiça.

Admirável Leitura

Ler torna a vida bela

LER É UM VÍCIO

PARA QUEM É VICIADO EM LEITURA

Por Yla Meu Blog

Escritora ○ Poetisa ○ Romancista ○ Lírica

Velho General

História Militar, Geopolítica, Defesa e Segurança

Espiritualidade Ortodoxa

Espiritualidade Ortodoxa

Entre Dois Mundos

Página dedicada ao livro Entre Dois Mundos.

Olhares do Mundo

Este blog publica reportagens produzidas por alunos de Jornalismo da Universidade Mackenzie para a disciplina "Jornalismo e a Política Internacional".

Bios Theoretikos

Rascunho de uma vida intelectual

O Recanto de Richard Foxe

Ciência, esoterismo, religião e história sem dogmas e sem censuras.

.

.

Prosas e Cafés

(...) tudo bem acordar, escovar os dentes, tomar um café e continuar - Caio Fernando Abreu

OLAVO PASCUCCI

O pensamento vivo e pulsante de Olavo Pascucci

Clássicos Traduzidos

Em busca das melhores traduções dos clássicos da literatura

Ensaios e Notas

artes, humanidades e ciências sociais

Minhas traduções poéticas

Site de tradução de poesias e de letras de música

Além do Roteiro

Confira o podcast Além do Roteiro no Spotify!

Farofa Filosófica

Ciências Humanas em debate: conteúdo para descascar abacaxis...

Humanidade em Cena

Reflexões sobre a vida a partir do cinema e do entretenimento em geral

resistenciaantisocialismo

Na luta contra o câncer da civilização!

História e crítica cultural

"Cada momento, vivido à vista de Deus, pode trazer uma decisão inesperada" (Dietrich Bonhoeffer)

Devaneios Irrelevantes

Reflexões desimportantes de mais um na multidão com tempo livre e sensações estranhas

Enlaces Literários

Onde um conto sempre puxa o outro!

Ventilador de Verdades

O ventilador sopra as verdades que você tem medo de sentir.

%d blogueiros gostam disto: