Entrevista com o senhor Zero à Esquerda, candidato a prefeito – parte 2 de 5 – publicada no Zeca Quinha Nius

ZERO À ESQUERDA: Antes de falar das minhas propostas de governo, digo que elas são minhas, e não dos outros dois candidatos, concorrentes meus à cadeira de prefeito, que é minha por direito divino. Se o povo se negar a me eleger seu governante; se o povo decidir negar-me o que é meu; se o povo não entender que as minhas propostas de governo são melhores do que às dos meus dois concorrentes, e decidir eleger prefeito um deles, e não eu, dará provas cabais de que não tem cérebro, de que tem, no interior da caixa craniana, uma substância fétida. E repito: São minhas as minhas propostas; minhas, e de mais ninguém. E que isso fique claro, bem claro. Não admito que me tirem o que é meu por direito divino. As minhas propostas de governo eu as pensei tendo em mente o bem-estar do povo que irei governar, povo incapaz de assumir responsabilidades, povo inculto, insensato e estúpido, que, talvez, tenha, no dia da eleição, um lampejo de sabedoria, e eleja-me seu governante; e caso o povo não seja agraciado, por um instante que seja, com a virtude da sabedoria, que seja governado por um dos meus dois adversários, tipinhos patéticos e ridículos.

ENTREVISTADOR: Senhor candidato, uma das suas propostas de governo contempla a proibição de venda de melancia com mais de cinquenta sementes. Fale-nos um pouco dela.

ZERO À ESQUERDA: Você está me pedindo para falar da melancia, ou da minha proposta de governo?

ENTREVISTADOR: Da sua proposta de governo.

ZERO À ESQUERDA: Não seja ambíguo. Faça-me perguntas claras e diretas, sem duplo sentido. Se é seu desejo solicitar-me informações acerca de uma das minhas propostas de governo, digne-se a dirigir-me uma pergunta objetiva, sem usar de termos que produzem ruídos na comunicação, prejudicando-a. Eu não gosto de perder meu tempo, e tampouco fazer com que as pessoas percam o tempo delas, seja o tempo delas muito, ou pouco, ou nenhum.

ENTREVISTADOR: Senhor candidato, a sua proposta…

ZERO À ESQUERDA: Eu não me esqueci da pergunta que você me fez. Se você, ao me chamar a atenção para a minha proposta, a respeito da qual antes de você, me perguntando, chamar-me atenção para ela, proposta que diz respeito à proibição de venda de melancia com mais de cinquenta sementes, teve a intenção, e sei que foi a sua intenção, de se fazer de importante e superior, e de me humilhar, dando a entender que eu tenho deficiências de memória, saiba que entendi o que você fez, e que, se eleito, eu darei um fim à sua carreira de jornalista e às atividades do jornaleco para o qual você trabalha.

ENTREVISTADOR: Trabalho para um hebdomadário digital, e não para um jornal.

ZERO À ESQUERDA: Não me interessa para que tipo de imprensa você dedica o seu tempo e a sua pouca inteligência. Não me interessa! Você me faltou com o respeito. E de você exijo retratação. Caso você se negue a se retratar, processarei o jornaleco que a você paga pelos seus serviços de gentinha estúpida.

ENTREVISTADOR: Senhor candidato, eu não posso me retratar: Não sou fotógrafo.

ZERO À ESQUERDA: Não se faça de desentendido, paspalho.

ENTREVISTADOR: Eu não faltei, senhor candidato, com respeito ao senhor. Ao insistir na pergunta acerca da sua proposta, eu quero apenas manter o foco, do qual o senhor afastava-se.

ZERO À ESQUERDA: Você está me dizendo, zé-mané, que eu sou desfocado?

ENTREVISTADOR: Senhor candidato, entenda…

ZERO À ESQUERDA: Já entendi, zero à esquerda.

ENTREVISTADOR: Senhor candidato, zero à esquerda é o senhor.

ZERO À ESQUERDA: Não permito trocadilhos com o nome da minha família, nome de uma família de nobres, de pessoas renomadas, decentes, que muitos bens fizeram ao povo, povo ingrato, desta cidade, povo que, segundo a mais recente pesquisa de intenções de voto, irá eleger seu governante um dos meus dois oponentes. Retrate-se, inútil!

ENTREVISTADOR: Inútil, senhor candidato, é um dos outros dois candidatos.

ZERO À ESQUERDA: Verme! Você insiste em me faltar com o respeito que me deve!? Se prefeito, irei regulamentar as atividades jornalísticas, aqui, nesta cidade, e dar cabo de você e de tipinhos iguais a você, para, assim, melhorar a nossa decadente democracia. Você e outras espécimes da sua raça são tumores cancerígenos metastáticos a matar a Liberdade, a Justiça e a Democracia.

Neste momento, o senhor Zero à Esquerda, visivelmente alterado, bufando de raiva, com o dedo em riste no nariz do entrevistador, fuzilando-o (o entrevistador – e também o nariz dele) com seu olhar furibundo, levantou-se da cadeira, pronto para desfechar uma saraivada de impropérios, e catilinárias e filípicas, e maldições, contra o entrevistador e toda a equipe do Zeca Quinha Nius, o maior e melhor hebdomadário digital do orbe terrestre; a tempo, contivemo-lo de descarregar a catadupa de ofensas e palavrões antevista pelo nosso sempre atento editor-chefe e chefe do editor do Zeca Quinha Nius, e seu primeiro e único fundador, o senhor Zeca Quinha.Já acalmado dos nervos o senhor Zero à Esquerda e orientado por nós o entrevistador, retomamos a entrevista.

ZERO À ESQUERDA: Uma das minhas preciosas propostas de governo, e é minha a proposta, e de nenhum dos meus concorrentes, e não admitirei, em hipótese alguma, que eles ma roubem, consiste na proibição de venda de melancia com mais de cinquenta sementes, e não apenas proibirei a venda de melancia com mais de cinquenta sementes; proibirei, também, a compra de melancia com mais de cinquenta sementes. Eu não faço só a metade de um trabalho; eu o faço por inteiro.

Na próxima edição do hebdomadário digital Zeca Quinha Nius, o maior e melhor do orbe terrestre, publicaremos a terceira parte da entrevista que o senhor Zero à Esquerda, candidato a prefeito, nos concedeu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Polifonia Literária

Um espaço voltado para o desenvolvimento criativo de textos literários.

divinoleitao.in

Rede pessoal de Divino Leitão.

Reflexões para os dias finais

Pensamentos, reflexões, observações sobre o mundo e o tempo.

PERSPECTIVA ONLINE

"LA PERSPECTIVA, SI ES REAL, EXIGE LA MULTIPLICIDAD" (JULIÁN MARÍAS)

Pensei e escrevi aqui

— Porque nós somos aleatórias —

On fairy-stories

Fantasia, Faërie e J.R.R. Tolkien

DIÁRIO DE UM LINGUISTA

Um blog sobre língua e outros assuntos

Brasil de Longe

O Brasil visto do exterior

Cultus Deorum Brasil

Tudo sobre o Cultus Deorum Romanorum, a Antiga Religião Tradicional Romana.

Carlos Eduardo Novaes

Crônicas e outras literatices

Coquetel Kuleshov

um site sobre cinema, cinema e, talvez, tv

Leituras do Ano

E o que elas me fazem pensar.

Leonardo Faccioni | Libertas virorum fortium pectora acuit

Arca de considerações epistemológicas e ponderações quotidianas sob o prisma das liberdades tradicionais, em busca de ordem, verdade e justiça.

Admirável Leitura

Ler torna a vida bela

LER É UM VÍCIO

PARA QUEM É VICIADO EM LEITURA

Por Yla Meu Blog

Escritora ○ Poetisa ○ Romancista ○ Lírica

Velho General

História Militar, Geopolítica, Defesa e Segurança

Espiritualidade Ortodoxa

Espiritualidade Ortodoxa

Entre Dois Mundos

Página dedicada ao livro Entre Dois Mundos.

Olhares do Mundo

Este blog publica reportagens produzidas por alunos de Jornalismo da Universidade Mackenzie para a disciplina "Jornalismo e a Política Internacional".

Bios Theoretikos

Rascunho de uma vida intelectual

O Recanto de Richard Foxe

Ciência, esoterismo, religião e história sem dogmas e sem censuras.

.

.

Prosas e Cafés

(...) tudo bem acordar, escovar os dentes, tomar um café e continuar - Caio Fernando Abreu

OLAVO PASCUCCI

O pensamento vivo e pulsante de Olavo Pascucci

Clássicos Traduzidos

Em busca das melhores traduções dos clássicos da literatura

Ensaios e Notas

artes, humanidades e ciências sociais

Minhas traduções poéticas

Site de tradução de poesias e de letras de música

Além do Roteiro

Confira o podcast Além do Roteiro no Spotify!

Farofa Filosófica

Ciências Humanas em debate: conteúdo para descascar abacaxis...

Humanidade em Cena

Reflexões sobre a vida a partir do cinema e do entretenimento em geral

resistenciaantisocialismo

Na luta contra o câncer da civilização!

História e crítica cultural

"Cada momento, vivido à vista de Deus, pode trazer uma decisão inesperada" (Dietrich Bonhoeffer)

Devaneios Irrelevantes

Reflexões desimportantes de mais um na multidão com tempo livre e sensações estranhas

Enlaces Literários

Onde um conto sempre puxa o outro!

Ventilador de Verdades

O ventilador sopra as verdades que você tem medo de sentir.

%d blogueiros gostam disto: