Sobe o Dólar, desce o Real. Desce o Dólar, sobe o Real.

Desvaloriza-se o Real, e valoriza-se o Dólar. E catadupas de impropérios são arremessadas sobre a cabeça do presidente Jair Messias Bolsonaro e a do ministro da Economia, Paulo Guedes. São estes dois personagens – esgoelam-se ao declarar, verborrágicos, seus mais ferozes críticos, melhor, inimigos – incompetentes, imbecis, estúpidos, gananciosos, e fascistas e nazistas, que estão a, destruindo a economia brasileira, arremessar na miséria mais abjeta milhões de brasileiros, matando-os de fome.

Valoriza-se o Real, e desvaloriza-se o Dólar. Agora, sim, ouviremos jornalistas e economistas tecendo elogiosos comentários ao presidente Jair Messias Bolsonaro e seu ministro da Economia, Paulo Guedes, que… Não. Fala-se destes dois personagens públicos brasileiros cobras e lagartos; são ambos os dois imbecis, incompetentes, malvados, e insensíveis, e indiferentes ao sofrimento do povo brasileiro, que é explorado e maltratado por tipos reles e iníquos desde o Descobrimento.

Antes, o Real desvalorizado indicava economia nacional fraca, e dificuldades para importar produtos de outras nações, em especial os de alto valor agregado, e máquinas e equipamentos, que, instalados nas fábricas nacionais, aumentariam a competitividade da indústria brasileira, consequentemente reduzindo custos de produção e aumentando a oferta interna de produtos, o que impactaria favoravelmente no preço de produtos e mercadorias comercializadas no Brasil, impedindo a inflação de fazer seus estragos costumeiros. Em resumo, o Real desvalorizado prejudica o Brasil ao impedir o incremento da produção interna. E ao favorecer as exportações, o governo brasileiro favorecia os estrangeiros e prejudicava os brasileiros, pois os empresários brasileiros preferiam vender seus produtos para quem pagasse mais, os estrangeiros, e era fácil exportar – afinal a desvalorização do Real favorece as exportações -, assim provocavam a escassez de produtos no Brasil e, consequentemente, o aumento de preços, num cenário de redução da oferta e aumento da procura. E seguiam-se as querelas intermináveis, e os insultos, impublicáveis. E as denúncias desarrazoadas ao presidente Jair Messias Bolsonaro e ao ministro Paulo Guedes, e, por extensão, aos bolsonaristas, os fanáticos bolsominions, poucos, que insistem em apoiar o presidente do Brasil em sua queda rumo ao precipício.

Agora, com o Real valorizado esperava-se que apontassem a força da economia brasileira a mídia e economistas (refiro-me aos midiáticos, figurinhas carimbadas cujas estampas são diariamente exibidas nos jornais televisivos e nos canais de notícias da internet), mas o que se viu não é de surpreender ninguém; disseram, em tom de reprovação, que o Dólar, no Brasil, desvaloriza-se mais do que em qualquer outro país, indicando que tal fenômeno econômico é prejudicial ao Brasil, pois prejudica-se, assim, as exportações de produtos produzidos no Brasil e favorece-se a importação de produtos estrangeiros. Ora, mas agora é que os brasileiros se beneficiam, pois dificuldades às exportações e facilidades às importações obrigam os empresários brasileiros – porque os estrangeiros compram menos do, e vendem mais ao, Brasil, o que redundará no aumento da oferta de produtos aos brasileiros, com impacto favorável nos índices inflacionários -, queiram eles ou não, a comercializar seus produtos e mercadorias no Brasil. Mas não é este o comentário que se lê acerca da economia brasileira, em má situação, dizem, porque, agora, o Dólar está desvalorizado.

Uma observação: Têm-se notado que, mesmo com a valorização do Real, o Brasil aumentou suas exportações de alimentos, o que é compreensível, pois é o Brasil um dos maiores produtores mundiais de alimentos e há no mundo oito bilhões de bocas para serem alimentadas.

A desvalorização e a valorização da moeda nacional não é, por si só, favorável, tampouco desfavorável, à economia brasileira; a mídia, no entanto, porém, entretanto, todavia, faz uma leitura enviesada de todas as ações do governo Jair Messias Bolsonaro, sempre a dar uma idéia de que vão as coisas de mal a pior. A realidade desmente todas as narrativas que os meios de comunicação (não sei porque se insiste em chamar de meios de comunicação empresas que estão a subverter a realidade – são meios de subversão) contam do atual governo, daí o descrédito que eles colhem junto ao povo brasileiro, que os vê com desconfiança. E não há o que negar: o Brasil, numa época em que políticos e empresários, aqui em território em que se plantando tudo dá e no exterior, usaram de artifícios criminosos para, supostamente, bloquear a disseminação de um vírus, destruir economias nacionais, destruir micros e pequenas empresas, empobrecer a todos e aumentar os opressivos mecanismos de controle social, sai-se razoavelmente bem, e progride, sua economia a crescer a olhos vistos, e milhões de brasileiros a encontrar meios de conquistar os recursos que os sustentam. E não se pode negar que o Governo Bolsonaro é o protagonista da história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Polifonia Literária

Um espaço voltado para o desenvolvimento criativo de textos literários.

divinoleitao.in

Rede pessoal de Divino Leitão.

Reflexões para os dias finais

Pensamentos, reflexões, observações sobre o mundo e o tempo.

PERSPECTIVA ONLINE

"LA PERSPECTIVA, SI ES REAL, EXIGE LA MULTIPLICIDAD" (JULIÁN MARÍAS)

Pensei e escrevi aqui

— Porque nós somos aleatórias —

On fairy-stories

Fantasia, Faërie e J.R.R. Tolkien

DIÁRIO DE UM LINGUISTA

Um blog sobre língua e outros assuntos

Brasil de Longe

O Brasil visto do exterior

Cultus Deorum Brasil

Tudo sobre o Cultus Deorum Romanorum, a Antiga Religião Tradicional Romana.

Carlos Eduardo Novaes

Crônicas e outras literatices

Coquetel Kuleshov

um site sobre cinema, cinema e, talvez, tv

Leituras do Ano

E o que elas me fazem pensar.

Leonardo Faccioni | Libertas virorum fortium pectora acuit

Arca de considerações epistemológicas e ponderações quotidianas sob o prisma das liberdades tradicionais, em busca de ordem, verdade e justiça.

Admirável Leitura

Ler torna a vida bela

LER É UM VÍCIO

PARA QUEM É VICIADO EM LEITURA

Velho General

História Militar, Geopolítica, Defesa e Segurança

Espiritualidade Ortodoxa

Espiritualidade Ortodoxa

Entre Dois Mundos

Página dedicada ao livro Entre Dois Mundos.

Olhares do Mundo

Este blog publica reportagens produzidas por alunos de Jornalismo da Universidade Mackenzie para a disciplina "Jornalismo e a Política Internacional".

Bios Theoretikos

Rascunho de uma vida intelectual

O Recanto de Richard Foxe

Ciência, esoterismo, religião e história sem dogmas e sem censuras.

.

.

Prosas e Cafés

(...) tudo bem acordar, escovar os dentes, tomar um café e continuar - Caio Fernando Abreu

OLAVO PASCUCCI

O pensamento vivo e pulsante de Olavo Pascucci

Clássicos Traduzidos

Em busca das melhores traduções dos clássicos da literatura

Ensaios e Notas

artes, humanidades e ciências sociais

Minhas traduções poéticas

Site de tradução de poesias e de letras de música

Além do Roteiro

Confira o podcast Além do Roteiro no Spotify!

Farofa Filosófica

Ciências Humanas em debate: conteúdo para descascar abacaxis...

Humanidade em Cena

Reflexões sobre a vida a partir do cinema e do entretenimento em geral

resistenciaantisocialismo

Na luta contra o câncer da civilização!

História e crítica cultural

"Cada momento, vivido à vista de Deus, pode trazer uma decisão inesperada" (Dietrich Bonhoeffer)

Devaneios Irrelevantes

Reflexões desimportantes de mais um na multidão com tempo livre e sensações estranhas

Enlaces Literários

Onde um conto sempre puxa o outro!

Ventilador de Verdades

O ventilador sopra as verdades que você tem medo de sentir.

Dragão Metafísico

Depósito de palavras, pensamentos e poesias.

%d blogueiros gostam disto: