Pensamento Nacional-Socialista de [Opressão] Direitos [Desumanos] Humanos. Nova Linguagem

Nota: Os trechos entre colchetes estão rasurados no manuscrito.
Estamos cientes da dominação da linguagem padrão, que é burguesa, nas escolas brasileiras, linguagem que está a corroer o pensamento dos brasileiros. A Língua Portuguesa, [patrimônio que nos legou Portugal, a pátria-mãe] [maravilha, flor do Lácio], como sabemos, é um instrumento de lobotomização, que perpetua, no pensamento dos brasileiros, a mentalidade dos portugueses, do império [que erigiu um país imenso] colonizador, que assolou a África, escravizou os negros, e enviou-os, com navios negreiros fétidos, para o Brasil, sua colônia, explorada, maltratada e seviciada. Para a felicidade da Nação, [Princesa Isabel, Joaquim Nabuco, e outros artífices da liberdade] Zumbi dos Palmares, [escravocrata crudelíssimo, que, herdeiro legítimo da cultura ditatorial de governantes das nações africanas, erigiu, no coração das matas brasileiras, um quilombo, e dominou, com mãos de ferro, os quilombolas, seus súditos, seus escravos, transplantando, para o Brasil, a crudelíssima cultura dos reis africanos], o verdadeiro libertador dos negros, que, subjugados pelos portugueses, comiam o pão que o diabo amassou, nobre, de caráter ilibado, inspirado por ideais humanitários, conquistou a alforria do seu povo sofrido.Em substituição ao idioma do império opressor, substituiremos o idioma português padrão, instrumento que Portugal até hoje maneja para nos oprimir, submete-nos à cultura européia, que nos sufoca, nos vergasta, nos escraviza, pela Língua Brasileira, falada pelos brasileiros.

Defendemos, com [unhas e dentes, a ferro e a fogo] a foice e o martelo, o estabelecimento da linguagem brasileira, da gema do povo, como padrão oficial da Língua Brasileira, escrita e falada, com raízes na autêntica, pura, cultura popular brasileira, isenta de influências externas, e não a importada de adventícios escravizadores e colonizadores. Anacolutos e metáforas futebolísticas serão obrigatórias nos textos oficiais e nos manuais de redação.

O Partido conduz o povo brasileiro [à guerra civil, e à miséria, e à podridão moral e ética] ao paraíso comunista. Mao Dzedong, é bom que se diga, não é mau; é revolucionário [humanicida] humanitário. E Deng Xiao Ping – é inadmissível o trocadilho Deng e dengue; todos os trocadilhos desrespeitosos e desabonadores envolvendo os nomes dos excelsos e lídimos revolucionários serão proibidos -, que defendia a idéia, como ele expressou não raras vezes, que ensina que o gato tem de caçar os ratos, fosse qual fosse a cor deles, e matá-los, esqueceu-se, involuntariamente – conquanto sábio, equivocando-se, tomou uma decisão contraproducente -, que os inimigos da revolução comunista poderiam empregar – e empregariam – contra os gatos os cachorros.

Estabelecemos, também, a obrigatoriedade da apresentação, diária, dos [tediosos, insossos, e injustificadamente extensos, intermináveis] magistrais e animadores discursos do comandante Fidel e de Hugo Chaves aos alunos brasileiros.

Nas escolas, substituiremos as ciências química, física e biológica, criadas pelos burgueses, por similares inspiradas nas [asneiras marxistas] verdades reveladas por Karl Marx. E à astronomia incorporaremos a estética comunista, e não a [religião] inspirada nas superstições cristãs [concebida por homens da Igreja, que enriqueceram, enormemente, tal ciência, sendo a contribuição deles inestimável]. E a engenharia, e a medicina, e a advocacia, e a arquitetura, a pintura, enfim, todas as ciências, todas as artes, terão de, obrigatoriamente, abandonarem a estética burguesa, e adotarem a comunista. E serão alterados o mapa astral, o mapa estelar e o calendário, três obras, sabemos, criadas pela classe média capitalista ocidental.

No calendário atual, os doze meses, todos concebidos em homenagem a doze imperadores romanos, aludem aos doze apóstolos. No calendário comunista que iremos criar haverá treze meses, que receberão nomes [de genocidas, anti-cristãos, assassinos, psicopatas] dos heróis do movimento comunista internacional: Marx, Engels, Proudhon, Mao, Lênin, Stalin, Pol Pot, Che Guevara, Prestes, Sartre, Trotsky, Gorki e Castro.Aboliremos a cor branca, que é a fusão de todas as cores, e o prisma, e a teoria de Isaac Newton, pois estes três elementos, a cor, o objeto e a teoria newtoniana, pertencem à ideologia [democrática] capitalista opressora.

Estabeleceremos o vermelho como a cor oficial do Brasil – e a camisa da seleção brasileira de futebol será vermelha.

Aboliremos o samba, pois a maledicência e a malemolência ferem os nossos brios [patrióticos] marciais e revolucionários.

O ano estelar se iniciará no dia correspondente ao do nascimento de Karl Marx, e se encerrará no correspondente ao da morte dele. E o ano 1 da era marxista coincidirá com o do nascimento de Karl Marx.

Interpretaremos todos os eventos sob a ótica marxista, e desconsideraremos todas as interpretações que contestam o movimento. E todos os eventos têm de se conjugarem com a proposta do Partido; os que não possuem vínculo com o Partido estarão irrevogavelmente errados.

A propriedade é um roubo, excetuando a dos líderes revolucionários que servem à causa do Partido.

Estabeleceremos apenas um tipo sanguíneo, o R C M (Revolucionário comunista marxista), pois as distinções de tipos sanguíneos são idéias burguesas, capitalistas.

Avante camaradas!De Leninevitch Stalininski

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Polifonia Literária

Um espaço voltado para o desenvolvimento criativo de textos literários.

divinoleitao.in

Rede pessoal de Divino Leitão.

Reflexões para os dias finais

Pensamentos, reflexões, observações sobre o mundo e o tempo.

PERSPECTIVA ONLINE

"LA PERSPECTIVA, SI ES REAL, EXIGE LA MULTIPLICIDAD" (JULIÁN MARÍAS)

Pensei e escrevi aqui

— Porque nós somos aleatórias —

On fairy-stories

Fantasia, Faërie e J.R.R. Tolkien

DIÁRIO DE UM LINGUISTA

Um blog sobre língua e outros assuntos

Brasil de Longe

O Brasil visto do exterior

Cultus Deorum Brasil

Tudo sobre o Cultus Deorum Romanorum, a Antiga Religião Tradicional Romana.

Carlos Eduardo Novaes

Crônicas e outras literatices

Coquetel Kuleshov

um site sobre cinema, cinema e, talvez, tv

Leituras do Ano

E o que elas me fazem pensar.

Leonardo Faccioni | Libertas virorum fortium pectora acuit

Arca de considerações epistemológicas e ponderações quotidianas sob o prisma das liberdades tradicionais, em busca de ordem, verdade e justiça.

Admirável Leitura

Ler torna a vida bela

LER É UM VÍCIO

PARA QUEM É VICIADO EM LEITURA

Por Yla Meu Blog

Escritora ○ Poetisa ○ Romancista ○ Lírica

Velho General

História Militar, Geopolítica, Defesa e Segurança

Espiritualidade Ortodoxa

Espiritualidade Ortodoxa

Entre Dois Mundos

Página dedicada ao livro Entre Dois Mundos.

Olhares do Mundo

Este blog publica reportagens produzidas por alunos de Jornalismo da Universidade Mackenzie para a disciplina "Jornalismo e a Política Internacional".

Bios Theoretikos

Rascunho de uma vida intelectual

O Recanto de Richard Foxe

Ciência, esoterismo, religião e história sem dogmas e sem censuras.

.

.

Prosas e Cafés

(...) tudo bem acordar, escovar os dentes, tomar um café e continuar - Caio Fernando Abreu

OLAVO PASCUCCI

O pensamento vivo e pulsante de Olavo Pascucci

Clássicos Traduzidos

Em busca das melhores traduções dos clássicos da literatura

Ensaios e Notas

artes, humanidades e ciências sociais

Minhas traduções poéticas

Site de tradução de poesias e de letras de música

Além do Roteiro

Confira o podcast Além do Roteiro no Spotify!

Farofa Filosófica

Ciências Humanas em debate: conteúdo para descascar abacaxis...

Humanidade em Cena

Reflexões sobre a vida a partir do cinema e do entretenimento em geral

resistenciaantisocialismo

Na luta contra o câncer da civilização!

História e crítica cultural

"Cada momento, vivido à vista de Deus, pode trazer uma decisão inesperada" (Dietrich Bonhoeffer)

Devaneios Irrelevantes

Reflexões desimportantes de mais um na multidão com tempo livre e sensações estranhas

Enlaces Literários

Onde um conto sempre puxa o outro!

Ventilador de Verdades

O ventilador sopra as verdades que você tem medo de sentir.

%d blogueiros gostam disto: